WEB RÁDIO

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Polícia Federal começa a emitir novo passaporte com chip



A Polícia Federal de Pernambuco começa a emitir nas cidades de Recife, Caruaru e Salgueiro o passaporte com chip. Mais seguro, o novo documento não permite fraudes, agiliza o atendimento e no futuro poderá ser usado em portais automatizados de controle migratório.

A maior diferença do novo passaporte vai ser sentida no desembarque internacional. Hoje, quando alguém chega com um passaporte eletrônico, o chip é lido por uma máquina. Os dados aparecem imediatamente na tela para serem verificados. As informações não precisam ser digitadas pelo atendente, o que economizará tempo. O passaporte eletrônico, é praticamente imune a falsificações e começo a ser distribuído a partir de dezembro do ano passado num projeto piloto em Brasília e Goiás e gradativamente está sendo implementado nos demais estados.

Além do dispositivo eletrônico de gravação de dados (chip), o novo passaporte conta com outros dispositivos de segurança como a marca d’água, fundo invisível, fio de segurança, fio de costura composta por três fios de alta qualidade e tinta opticamente variável. O novo documento é parecido com o atual, mas na capa tem um símbolo, e na contracapa, um chip, que serve para armazenar informações sobre a pessoa, como nome, foto e impressões digitais. Essa mesma tecnologia já é usada em países da União Europeia, Estados Unidos e Japão.

Quem possuir o passaporte no modelo anterior (sem chip) e o documento ainda estiver dentro do prazo de validade não precisa se preocupar em requerer novo documento, já que o modelo sem chip continuará sendo aceito. A substituição acontecerá gradativamente, à medida em que os passaportes expirarem seu prazo de validade que é de até cinco anos. O preço também continua R$ 156,07.




Da redação do Pernambuco.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário