WEB RÁDIO

terça-feira, 19 de abril de 2011

Homem liberta ex-mulher mantida refém por 30h em Aracaju

Durou cerca de 30 horas a angústia de uma jovem de 21 anos em Aracaju, capital de Sergipe. Por volta das 14h45, o ex-marido, que a mantida em cárcere privado, se entregou à polícia.

Inconformado com o fim do relacionamento de sete anos, José Elígio, 24 anos, invadiu a casa da ex-mulher às 9h de ontem (18/4) e começou a ameaçá-la de morte. Durante toda a madrugada, o ex-marido ameaçou a jovem de morte e afirmava que se mataria em seguida. Na tarde de ontem, ele atirou na perna da jovem, mas permitiu que uma equipe prestasse os primeiros-socorros.

José Elígio tomou a atitude 20 dias após Cristielane ter pedido separação por ter sofrido agressões do ex-marido. De acordo com o assessor da Secretaria de Segurança Púlica de Sergipe, Lucas Rosário, a situação ainda foi tensa, pois o sequestrador tinha variações de humor frequentes.

O casal têm um filho de cinco anos, que estava na escola no momento que a mãe foi dominada pelo ex-companheiro. Os psicólogos entregaram um desenho feito pelo filho para tentar convencê-lo a libertar a ex-mulher.

Em nota divulgada pela SSP de Sergipe, a tia da vítima, Valderez Mota, diz que Elígio não se conformava com o final do relacionamento que durou sete anos. “Ele foi o primeiro namorado de minha sobrinha e o casamento durou sete anos. Ela vinha sofrendo agressões e resolveu se separar há vinte dias. Ele premeditou a ação, pois pediu demissão do trabalho, onde executava serviços de eletrônica, e comprou uma arma”, comentou Valderez.



Do Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário