WEB RÁDIO

domingo, 8 de maio de 2011

Desarticulada maior quadrilha de fornecimento de pasta base de cocaína do estado

Foto:Policia Federal
Policiais federais aprenderam neste sábado 165,2 Kg de pasta base de cocaína e prenderam cinco homens acusados de tráfico de drogas. Essa foi a maior quantidade do entorpecente encontrada pela Polícia Federal este ano. Wendel Batista Guimarães, 32, Marcos Roberto Marques Lisboa, 36, Gilvan Manoel do Nascimento, 42, José João da Silva, 32, e o soldado da Polícia Militar Arthur José da Silva, 33, integravam uma quadrilha especializada no tráfico de pasta base de cocaína. O quartel general dos acusados funcionava em uma residência no bairro da Iputinga. O local, de acordo com as informações da PF, servia como ponto de armazenamento e negociação da droga. A casa pertencia a Wendel Batista. A investigação que levou à prisão dos acusados durou quase dois meses. 

A Polícia Federal considera esta a maior quadrilha de fornecimento de pasta base de cocaína de Pernambuco. E com a prisão dos cinco homens, a PF afirmou que a atuação do grupo está totalmente desarticulada. Caso a droga fosse transformada em crack em laboratórios clandestinos daria para fazer aproximadamente 661Kg o que corresponde a 2.644.000 milhões de pedras. O crack seria comercializado na região metropolitana, agreste e sertão de Pernambuco.

As prisões começaram por volta das 13h deste sábado. O primeiro a ser preso foi Wendel Batista. Ele estava saindo do imóvel quando foi abordado pelos agentes federais. Ele confessou que no veículo em que estava, um Celta de placa PFA-7409, havia três sacolas com 57 Kg de pasta base. Dentro da casa, foram localizados mais 108,2 Kg da droga. Além de duas armas e a quantia de R$ 155.860,00 mil. Logo em seguida, foi preso o líder do grupo, Marcos Roberto. Ele chegava à residência de Wendel quando foi “recebido” pelos federais. Depois, foram detidos pelos agentes federais Gilvan Manoel, Arthur José e José João. O trio estava em um bar próximo à casa de Wendel aguardando para fazer a entrega da pasta base.

Nenhum comentário:

Postar um comentário