WEB RÁDIO

sábado, 5 de março de 2011

Carnaval 2011 - Confira a programação deste sábado nos polos oficiais de Jaboatão dos Guararapes




Cavaleiro:

18h00 - Gingado Maluco

20h00 - Nosso Jeito

22h00 - Pressão Demais



Curado 4:

18h00 - Me Beija

20h00 - Moreninhos do Nordeste

22h00 - Voz do Gueto



Jaboatão Centro:

16h00 - Nova Estação

18h00 - Sambstar

20h00 - Banda Pirata

22h00 - Grupo Molejo



Jardim Jordão:

18h00 - Levada Massa

20h00 - Brasil Tropical

22h00 - Leto do Cavaco



Conjunto Muribeca:

18h00 - Patusco

20h00 - Me Beija

22h00 - Danda e sua Orquestra



Prazeres:



16h00 - Orquestra Revoltosa

18h00 - Arina Costa

20h00 - Fundo de Quintal

22h00 - Maestro Forró e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério




Fonte: Secretaria de Cultura e Eventos (Jaboatão dos Guararapes)

terça-feira, 1 de março de 2011

Férias!


Amigos enfim minhas férias chegaram!!!

Volto ao "batente" na  Rádio Clube AM 720 dia 21.

Continuarei postando sempre que possível aqui no Blog.

Abração!!!!!

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Hora de entrar no G4

Foto:Julio Jacobina/D.A.Press

No início do returno do PE2011, o técnico Hélio dos Anjos cravou que a hora era de dar início à recuperação. Dois jogos e duas vitórias depois, o Sport já está à beira do G4. Com 21 pontos, o Leão depende de um novo tropeço do Porto e, claro, da vitória diante do Ypiranga, neste domingo, às 16h, no Otávio Limeira Alves, em Santa Cruz do Capibaribe.

Depois de um início ruim no Estadual, cheio de percalços, sob o comando de Hélio dos Anjos o Sport começa a entrar nos eixos. Venceu a primeira fora de casa na competição, contra o América, e depois o Petrolina, na Ilha do Retiro. Agora, volta a atuar como visitante e quer a vitória em mais uma das ´11 decisões`, como o técnico rubro-negro classificou as partidas do Leão neste returno.

Se torcedor rubro-negro já viu um novo Sport em termos de atitude nos últimos jogos, ainda sentia a falta de um algo mais para deslanchar: reforços. E eles chegaram. Marcelinho Paraíba, Vítor e Tadeu. São as caras novas do Leão. E delas se espera uma resposta positiva. Sem poder mais contratar, é com essas peças que a equipe vai até o fim do Estadual. 

Dos novos contratados, apenas Marcelinho Paraíba(foto) começará a partida como titular neste domingo. Vítor estará no banco de reservas pronto para entrar e Tadeu não foi relacionado. Primeiramente, Hélio dos Anjos quer dar conjunto à equipe. Além disso, guardar Vítor foi uma opção. Ele só quer utilizar o jogador junto com Thiaguinho após treinar o posicionamento dos dois. 

Paraíba entra na vaga de Wellington Saci, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Vai jogar do jeito que gosta, prometeu Hélio dos Anjos. O esquema 3-5-2, com dois volantes fazendo a proteção da zaga, deixa o meia livre para criar e chegar à frente. ´Conversei com Marcelinho. A estrutura que montei para este time depende muito de um jogador da função dele. Já disse que quero ele posicionado do meio para frente, pois temos atletas que fazem muito bem o papel defensivo`, afirmou o treinador.

O time ganha ainda os reforços de Hamilton e Dutra, poupados do jogo da Copa do Brasil, além de Germano, que estava suspenso na competição Nacional. No ataque, apesar do mau aproveitamento nos últimos jogos, Ciro e Carlinhos Bala estão mantidos.

"Conversei com Marcelinho. A estrutura que montei para este time depende muito de um jogador da função dele` Hélio dos Anjos, técnico do Sport

Ypiranga X Sport

Estádio: Otávio Limeira Alves

O técnico Hélio dos Anjos ´reclamou` da ansiedade dos seus atacantes nos últimos jogos. Segundo ele, a ânsia por marcar gols vem atrapalhando os jogadores do setor. E citou o caso do jovem Ciro como o principal exemplo disso. No jogo contra o Sampaio Corrêa, o jogador perdeu um gol incrível. ´Precisamos ter mais calma na hora de finalizar`, setenciou.



Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO

Timbu praticamente definido para enfrentar a Cabense

Foto:Ricardo Fernandes/D.A.Press
Dez atletas já escalados e um praticamente confirmado para o duelo do Náutico contra a Cabense. No gol, Glédson. Na lateral direita, a estreia de Rodrigo Heffner. Na zaga e na lateral esquerda, respectivamente, Éverton Luiz, Jorge Felipe e Aírton. No meio-campo, os retornos de Éverton, Elicarlos e Eduardo Ramos. No ataque, Ricardo Xavier e Kieza. Para fechar a lista de 11 jogadores, deve entrar o meia William, mas o treinador Roberto Fernandes levantou a possibilidade de entrar de frente com Deyvid Sacconi. Blefe ou não, fica a dúvida.

Rodrigo Heffner se mostrou bastante animado com a notícia da titularida, após o treino da tarde desta sexta-feira, no CT Wilson Campos. "Apesar do curto tempo por aqui, estou feliz com a oportunidade. Vinha jogando pelo Guarani e estou bem fisicamente. Só falta pegar entrosamento", afirmou o lateral-direito.

Outros reforço também deve ser relacionados para a partida. É o caso do zagueiro Rafael Nitsche. Wescley e Fábio Capixaba, recém-contratados, não devem seguir para o Cabo de Santo Agostinho. Outra opção para o banco de reservas é o atacante Rogério, após o longo período de tratamento de lesão.



Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO

Santa perde por 1 x 0 do Araripina e pode deixar a liderança do Pernambucano

Helder Tavares/D.A.Press
Uma noite para ser esquecida pela torcida tricolor. Com um futebol sem objetividade e nenhuma organização tática, o Santa Cruz terminou sendo derrotado por 1x0 pelo Araripina, no Arruda. O resultado inesperado pode custar caro aos tricolores. Isso porque se o Náutico vencer a Cabense, no Cabo, ou o Central ganhar do América, em Caruaru, no complemento da rodada, hoje, os corais deixam mais uma vez a liderança do Campeonato Pernambucano. Se os dois adversários diretos na luta pela primeira colocação vencerem, o Mais Querido termina a rodada em terceiro lugar.

O Santa Cruz iniciou a partida tentando se impor em campo. Dentro do Arruda e empurrado pela torcida, os tricolores pressionaram o Araripina em busca do primeiro gol ainda nos minutos iniciais. Mas a estratégia não deu certo. Isso porque o time comandado pelo técnico Zé Teodoro não tinha velocidade no toque de bola do meio de campo para o ataque e ainda contava com uma noite sem inspiração dos laterais Marquinhos e Jackson.

Além disso, o técnico Flávio Barros montou um verdadeiro 'ferrolho' com duas linhas de quatro na marcação. O resultado não poderia ser diferente. As jogadas ofensivas ficaram escassas e dos três únicos lances de perigo do Santa Cruz na etapa inicial, dois foram em chutes de fora da área com Jeovânio e Weslley.

O futebol do Santa Cruz só começou a melhorar quando Zé Teodoro sacou o terceiro volante Marcus Vinícius para a entrada de Natan, ainda aos 30 do primeiro tempo. O garoto incendiou a partida e dos seus pés saíram as principais jogadas do time. Rápido, ele começou a municiar o veloz Landu e por pouco eles não fizeram a jogada que poderia configurar o gol Tricolor, mas Gilberto errou a finalização.

Após um primeiro tempo abaixo da média, o técnico Zé Teodoro decidiu tirar Jackson para a entrada do estreante Têti no intervalo. Com isso, Weslley foi para a ala. A alteração não mudou em absolutamente nada o jogo. Pelo contrário. O Araripina ganhou espaço em campo e só não abriu o placar com Léo Olinda porque o atacante cabeceou por cima do gol de Diego Lima.

Com facilidade no toque de bola, o Bode não demorou muito para abrir o placar. Aos 16 minutos, Léo Olinda recebeu na esquerda e cruzou rasteiro para Serginho Baiano entrar em velocidade na área e chutar para o fundo das redes do goleiro Diego Lima.

Atrás do placar, o Santa Cruz tentou partir para o ataque em busca do empate, mas estava totalmente desorganizado, sem meio de campo, sem laterais e com um ataque inoperante. Para piorar, o meia Têti sentiu uma lesão muscular desde os 20 minutos e precisou permanecer em campo porque o tricolor já tinha realizado todas as alterações.

No final do confronto, o Santa Cruz pressionou o Araripina, que terminou a partida com apenas dez jogadores em campo, pois o zagueiro Alex Xavier foi expulso. Porém o gol não saiu. A torcida não perdoou e vaiou os jogadores.

Ficha do jogo

Santa Cruz

Diego Lima; Jackson (Têti), Leandro Souza, André Oliveira e Marquinhos; Jeovânio, Cléber (Rodrigo Gral), Marcus Vinícius (Natan) e Weslley; Landu e Gilberto. Técnico: Zé Teodoro.

Araripina

Adson; Romário, Alex Xavier, Oliveira e Janílson; Gideon, Marcelo Pitbul, Odilon (Serginho) e Marcelinho (Evaldo Bahia); Léo Olinda e Serginho Baiano (Marcelo Paraíba). Técnico: Flávio Barros.

Local: Arruda. Árbitro:Gleydson Leite. Assistentes: Pedro Wanderley e Wilton Lins. Gols: . Serginho Baiano (A). Cartões amarelos: Jeovânio (S), Serginho, Gideon e Alex Xavier (A). Cartões vermelhos: Alex Xavier (A). Público: 14.036. Renda: R$ 93.270.



Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO.