WEB RÁDIO

sexta-feira, 27 de julho de 2012

REFLEXÃO DO DIA - UMA HORA A MAIS



O que você faria com uma hora a mais por dia? Já pensou nisso?

É comum reclamarmos que o dia é curto, que as horas voam. Final de semana e feriado, então, nem se fala: mal começam e já estão terminando.

E, durante a semana, há tanto que fazer: escola, trabalho, lar, estudo, tarefas, tarefas...

É bem possível que tenhamos sonhado com uma hora a mais no dia.

Mas, o que faríamos com essa hora extra, se ela nos fosse dada?

Determinada revista realizou a pesquisa e descobriu coisas muito interessantes.

Houve quem aumentaria o horário de trabalho. Outros disseram que aproveitariam para frequentar a academia, se exercitar.

Alguns optaram por utilizar a hora dormindo.

Na Espanha, metade dos que responderam à pesquisa consideraram que queriam uma hora a mais para estar com os seus entes queridos.

Os brasileiros foram os segundos a dizerem que optariam de igual forma.

Em dias que tudo parece tão superficial, que pais e filhos entram e saem do lar em horários diferentes, quase não se encontrando, em que visitas a familiares parecem estar no final da lista de deveres, é maravilhoso descobrir como há tantas pessoas que ainda cultivam o amor.

Estar com a esposa, com o esposo, para conversar, para realizar um passeio mais longo, para assistir ao pôr do sol abraçados.

Estar com as crianças, conferindo as suas lições da escola, verificando o quanto já dominam as letras, o traço no papel, as cores, as formas.

Ir ao cinema com a família, comprar pacotes de pipoca, e sentir o prazer de rir, chorar, emocionar-se. E, depois, no carro e em casa, por dias, comentar a cena mais divertida, a mais hilariante.

Comentar sobre a trilha sonora, o desempenho dos atores, a fotografia, os efeitos especiais.

Comprar o livro em que se baseou o filme e ler juntos, deliciando-se com a fantasia, encharcando-se de cultura.

Uma hora a mais para brincar com os meninos, chutar bola, correr.

Uma hora a mais para adormecer ao lado do filho, antes mesmo dele, porque o cansaço nos alcançou a galope.

Uma hora a mais... Não a vamos ter. O dia continuará tendo 24 horas.

O que necessitamos é nós mesmos administrarmos de tal forma o nosso tempo que tudo possamos fazer: trabalhar, estudar, estar com os amigos, privilegiar a família com nossa presença constante.

Pensemos nisso e, antes que a morte nos arrebate a vida física, aproveitemos os minutos, estando com nossos amores.

Vendo os filhos crescerem, como o jardineiro atencioso observa as plantas brotarem e se desenvolverem.

E, assim, estarmos atentos para o amor que nos requerem os filhos, os nossos pais idosos, os amigos que nos amam.

Ah, uma hora a mais por dia... Conquistemo-la com nossa boa administração do tempo.


Pense nisso!


Ouça as nossas reflexões diariamente comigo na Clube FM João Pessoa 103.3 às 05h00 no Bom Dia Clube.


quarta-feira, 25 de julho de 2012

Reflexão do Dia - Orgulho x Humildade



Você já deve ter ouvido muitas vezes a palavra humildade, não é mesmo? 

Essa palavra é muito usada, mas nem todas as pessoas conseguem entender o seu verdadeiro significado. 

O termo humildade vem de húmus, palavra de origem latina que quer dizer terra fértil, rica em nutrientes e preparada para receber a semente. 

Assim, uma pessoa humilde está sempre disposta a aprender e deixar brotar no solo fértil da sua alma, a boa semente. 

A verdadeira humildade é firme, segura, sóbria, e jamais compartilha com a hipocrisia ou com a pieguice. 

A humildade é a mais nobre de todas as virtudes pois somente ela predispõe o seu portador, à sabedoria real. 

O contrário de humildade é orgulho, porque o orgulhoso nega tudo o que a humildade defende. 

O orgulhoso é soberbo, julga-se superior e esconde-se por trás da falsa humildade ou da tola vaidade. 

Alguns exemplos talvez tornem mais claras as nossas reflexões. 

Quando, por exemplo, uma pessoa humilde comete um erro, diz: "eu me equivoquei", pois sua intenção é de aprender, de crescer. Mas quando uma pessoa orgulhosa comete um erro, diz: "não foi minha culpa", porque se acha acima de qualquer suspeita. 

A pessoa humilde trabalha mais que a orgulhosa e por essa razão tem mais tempo. 

Uma pessoa orgulhosa está sempre "muito ocupada" para fazer o que é necessário. A pessoa humilde enfrenta qualquer dificuldade e sempre vence os problemas. 

A pessoa orgulhosa dá desculpas, mas não dá conta das suas obrigações e pendências. Uma pessoa humilde se compromete e realiza. 

Uma pessoa orgulhosa se acha perfeita. A pessoa humilde diz: "eu sou bom, porém não tão bom como eu gostaria de ser". 

A pessoa humilde respeita aqueles que lhe são superiores e trata de aprender algo com todos. A orgulhosa resiste àqueles que lhe são superiores e trata de pôr-lhes defeitos. 

O humilde sempre faz algo mais, além da sua obrigação. O orgulhoso não colabora, e sempre diz: "eu faço o meu trabalho". 

Uma pessoa humilde diz: "deve haver uma maneira melhor para fazer isto, e eu vou descobrir". A pessoa orgulhosa afirma: "sempre fiz assim e não vou mudar meu estilo". 

A pessoa humilde compartilha suas experiências com colegas e amigos, o orgulhoso as guarda para si mesmo, porque teme a concorrência. 

A pessoa orgulhosa não aceita críticas, a humilde está sempre disposta a ouvir todas as opiniões e a reter as melhores. 

Quem é humilde cresce sempre, quem é orgulhoso fica estagnado, iludido na falsa posição de superioridade. 

O orgulhoso se diz céptico, por achar que não pode haver nada no universo que ele desconheça, o humilde reverencia ao criador, todos os dias, porque sabe que há muitas verdades que ainda desconhece. 

Uma pessoa humilde defende as idéias que julga nobres, sem se importar de quem elas venham. A pessoa orgulhosa defende sempre suas idéias, não porque acredite nelas, mas porque são suas. 

Enfim, como se pode perceber, o orgulho é grilhão que impede a evolução das criaturas, a humildade é chave que abre as portas da perfeição. 

Você sabe por quê o mar é tão grande? Tão imenso? Tão poderoso? 

É porque foi humilde o bastante para colocar-se alguns centímetros abaixo de todos os rios. 

Sabendo receber, tornou-se grande. Se quisesse ser o primeiro, se quisesse ficar acima de todos os rios, não seria mar, seria uma ilha. E certamente estaria isolado.


Pense nisso!


Ouça as nossas reflexões diariamente comigo na Clube FM João Pessoa 103.3 às 05h00 no Bom Dia Clube.



terça-feira, 24 de julho de 2012

REFLEXÃO DO DIA - HOJE É O SEU DIA




Você se preparou para viver o dia de hoje? 

As coisas mais importantes da vida somente são valorizadas depois que passam ou se as perdem. 

A saúde, o sono, a razão, os fenômenos digestivos, os órgãos dos sentidos, os movimentos, são tesouros colocados por Deus a seu serviço. 

Portanto, cuidado com esses tesouros. 

Está disposto a recomeçar hoje aquele projeto que fracassou ontem? 

O aparente fracasso é a forma pela qual a divindade ensina você a corrigir a sua maneira de atuar, facultando-lhe repetir a experiência com mais sabedoria. 

A vida é constituída de lições que se repetem até se fixarem corretamente. 

Hoje você tem problemas para resolver que parecem insolúveis? 

Considere o seguinte: 

Primeiro: ninguém vai resolvê-los por você. 

Segundo: você só vai resolvê-los se se dispuser a enfrentá-los. 

Terceiro: é preciso equacionar os seus problemas, um de cada vez, até resolvê-los todos. 

Quarto: não sobrecarregue os outros com as suas queixas, reclamações e problemas. 

Você sentiu uma ponta de mau humor hoje? 

Lembre-se: a irritação é o "espinho" cravado nas "carnes" da emoção, que deve ser retirado. 

Quanto mais permanece, mais piora o estado de quem o conduz, gerando "infecções" duradouras e perniciosas. 

Está na iminência de se desesperar? 

Lembre-se, ainda: 

O homem deve treinar coragem e resignação. Sem esses valores ele permanece criança espiritual. 

Deixe-se conduzir pelas ocorrências que não pode mudar, e altere com amor aquelas que irão lhe beneficiar. 

Deus é Pai misericordioso e vela por você. 

Você se exercitou para o perdoar hoje? 

O perdão real é sempre acompanhado pelo esquecimento do mal recebido. Quem guarda rancor, coleciona lixo moral. 

Você já abraçou seu filho hoje, dizendo-lhe o quanto o ama? 

Eles necessitam de oportunidade e de amor para alcançar o triunfo. Abençoa o seu filho com as suas palavras e conduta, fazendo-se amigo dele em todas as situações. 

Você já orou hoje? 

Não desconsidere o valor da oração. O corpo necessita de alimento adequado para manter-se. Assim também o espírito, que é a fonte de vitalização da matéria. 

Na prática, você é o senhor da sua cabeça e do seu dia. Você decide como gostaria que hoje fosse. 

Decida e trabalhe por isso. Quem quer faz, não manda fazer. 

A água não ocupa mais espaço do que realmente necessita. Por isso equivale à moderação. 

Nesses dias agitados, a angústia caminha com o homem disfarçada de medo, de ansiedade, de sentimento de culpa. 

Naturalmente, as pressões a que todos estamos sujeitos respondem por tal situação. 

A ansiedade pelo prazer exorbitante frustra; os fatores agressivos amedrontam, e a timidez encontra uma forma de levar ao complexo de autopunição. 

Afaste da mente esses fantasmas responsáveis por males inumeráveis. 

Você é filho de Deus, por ele amado, protegido e abençoado. 

Não se afaste de suas leis e se se enganar em alguma ocasião, ao invés de se entregar a conflitos desnecessários, retorna ao caminho do dever, sem receio algum. 

Lembre-se sempre da afirmativa de Jesus: "eu sou o caminho, a verdade e a vida." 

Lembre-se, ainda: hoje é o dia! O seu dia! 

Pense nisso! 

Muitas enfermidades do corpo procedem do espírito danificado pelos conflitos da emoção ou pelo ácido das imperfeições morais. 

Não bastará dormir, dar descanso ao corpo, se você permanecer emocionalmente inquieto, ansioso!

Pense nisso e aproveite bem o dia de hoje, que é o seu dia.


Ouça as nossas reflexões diariamente comigo na Clube FM João Pessoa 103.3 às 05h00 no Bom Dia Clube.


segunda-feira, 23 de julho de 2012

REFLEXÃO DO DIA - A HONRA TAMBÉM SE ENSINA





É comum, em nossos dias, ouvirmos reclamações por parte de pessoas que se sentiram desrespeitadas em seus direitos. 

É o médico que marca uma hora com o paciente e o deixa esperando por longo tempo, sem dar satisfação. 

É o advogado que assume uma causa e depois não lhe dá o encaminhamento necessário, deixando o cliente em situação difícil. 

É o contador que se compromete perante a empresa a providenciar todos os documentos exigidos por lei e, passados alguns meses, a empresa é autuada por irregularidades que esse diz desconhecer. 

É o engenheiro que toma a responsabilidade de uma obra, que mais tarde começa a ruir, sem que ele assuma a parte que lhe diz respeito. 

É o político que faz muitas promessas e, depois de eleito, ignora a palavra empenhada junto aos seus eleitores. 

Esses e outros tantos casos acontecem com frequência nos dias atuais. 

É natural que as pessoas envolvidas em tais situações, exponham a sua indignação junto à sociedade, e reclamem os seus direitos perante a justiça. 

Todavia, vale a pena refletir um pouco sobre a origem dessa falta de honradez por parte de alguns cidadãos. 

Temos de convir que todos eles passaram pela infância e, em tese, podemos dizer que não receberam as primeiras lições de honra como deveriam. 

Quando os filhos são pequenos não damos a devida importância às suas más inclinações ou, o que é pior, as incentivamos com o próprio exemplo. 

Se nosso filho desrespeita os horários estabelecidos, não costumamos cobrar dele a devida atenção. 

Se prometem alguma coisa e não cumprem, não lhes falamos sobre o valor de uma palavra empenhada. 

Ademais, há pais que são os próprios exemplos de desonra. Prometem e não cumprem. Dizem que vão fazer e não fazem. Falam, mas a sua palavra não vale nada. 

É importante que pensemos a respeito das causas, antes de reclamar dos efeitos. 

É imprescindível que passemos aos filhos lições de honradez. 

Ensinar aos meninos que as filhas dos outros devem ser respeitadas tanto quanto suas próprias irmãs. 

Ensinar que a palavra sempre deve ser honrada por aquele que a empenha. 

Ensinar o respeito aos semelhantes, não os fazendo esperar horas e horas para, só depois, atender, como se estivéssemos fazendo um grande favor. 

Enfim, ensinar-lhes a fazer aos outros o que gostariam que os outros lhes fizessem, conforme orientou Jesus. 

* * * 

Não há efeito sem causa. Todo efeito negativo, tem uma causa igualmente negativa. 

Por essa razão, antes de reclamar dos efeitos, devemos pensar se não estamos contribuindo com as causas, direta ou indiretamente. 


Pensemos nisso!


Ouças as nossas reflexões diariamente no Bom Dia Clube às 05h00 comigo na Clube FM João Pessoa.