WEB RÁDIO

sexta-feira, 8 de março de 2019

Retrato falado do suspeito pelos ataques com agulhas no Carnaval é divulgado. Sobe para 190 número de supostas vítimas.



E não para de  crescer o número de casos de foliões supostamente atingidos por agulhadas durante o carnaval do Recife e de Olinda.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que até a manhã desta sexta-feira (8), 190 pessoas procuraram atendimento após alegarem ter sofrido ataques. 

Um retrato falado do suspeito pelos ataque com agulhas ocorridos em focos de folia durante o carnaval do Recife e de Olinda foi divulgado pela Polícia Civil de Pernambuco na manhã desta sexta-feira. 

A imagem foi elaborada por peritos especializados da instituição com a ajuda de uma das mais de 100 vítimas feridas por objetos perfurantes enquanto se divertiam nos polos carnavalescos.

Não está descartado o envolvimento de mais de uma pessoa nos crimes, por isso a necessidade de as vítimas prestarem queixas e relatarem os casos. 

Para incentivar a formalização de boletins de ocorrência, a Polícia Civil instalou uma delegacia volante no Hospital Correia Picanço, no Recife, centro de referência para o atendimento das vítimas das agulhadas. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário