WEB RÁDIO

quinta-feira, 9 de abril de 2020

PRF lança desafio para estimular doações de sangue em Pernambuco



Em meio à redução dos estoques de sangue nos hemocentros devido à pandemia do Covid-19, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) lançou o Desafio Sangue Solidário, que busca estimular as doações realizadas em todo o país. A superintendência em Pernambuco foi desafiada pela Paraíba, e os policiais deram início à campanha na quarta-feira (08), na Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), localizada no Recife e em Petrolina.

Durante a doação, os policiais gravaram vídeos para enviar pelas redes sociais para outras delegacias e regionais, a fim de que a campanha tenha continuidade e alcance toda a PRF, outros órgãos públicos e a população em geral. Policiais e servidores administrativos da sede e das delegacias da PRF em Pernambuco estão participando da campanha.

Os hemocentros tem adotado medidas para garantir a segurança dos doadores. No Brasil funcionam cerca de 32 hemocentros, além de aproximadamente 500 serviços de hemoterapia – onde também são feitas coletas e uso do sangue -, segundo o Ministério da Saúde.

Todos esses serviços estão disponibilizando condições de lavagem de mãos, uso de antissépticos e acolhimento que minimizem a exposição e aglomeração das pessoas. Cuidados com a higienização das áreas, instrumentos e superfícies também tem sido intensificados pelos hemocentros.

Para mais informações e agendamento, o Hemope atende pelo número 0800 081 1535.

Recomendações

No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores de 18 anos é necessário o consenso dos responsáveis, e entre 60 e 69 anos, a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos.

Além disso, é preciso pesar, no mínimo, 50 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum. No dia, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

Em relação à Covid-19, são considerados doadores inaptos para a doação de sangue por um período de 30 dias aqueles que apresentarem sintomas respiratórios e febre ou se tiverem tido contato, há menos de 30 dias, com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Nenhum comentário:

Postar um comentário