WEB RÁDIO

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Urgente! Segundo caso confirmado de Coronavirus no Brasil


O Ministério da Saúde confirmou hoje o segundo caso de covid-19 no Brasil. O paciente infectado também vive em São Paulo.

O homem esteve na Itália, onde possivelmente aconteceu a contaminação. 

Segundo o Ministério, não há evidências de circulação do vírus em território nacional.





Fonte: Uol

Campanha da LBV beneficiará milhares de estudantes no Brasil com a doação de kits de material escolar


No dia 11 de março, às 09:30h, acontecerá a entrega dos kits de material escolar para mais de 200 crianças de famílias em vulnerabilidade social atendidos pela Legião da Boa Vontade na capital Pernambucana.

A ação faz parte da campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro, promovida pela LBV em todo o Brasil, com o objetivo de apoiar as famílias que não tem recursos para a compra do material escolar e incentivar os estudantes a frequentar a escola e a continuar os estudos.


Em todo o país, a campanha vai entregar mais de 15 mil kits em dezenas de municípios brasileiros. Serão beneficiados crianças, adolescentes, jovens e adultos que estudam nas escolas (Educação Infantil, Ensinos Fundamental, Médio e EJA – Educação para Jovens e Adultos) da LBV, meninas e meninos atendidos nos Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição, além de adolescentes e jovens que frequentam o Programa Aprendiz da Boa Vontade. Os kits são compostos de itens de acordo com a faixa etária dos estudantes e contém estojo, lápis preto e de cor, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, tinta guache, cadernos, mochila, régua, dicionário de português entre outros. 


A LBV

A Legião da Boa Vontade acredita que a educação iluminada por valores éticos, ecumênicos e espirituais transforma o ser humano para melhor, por isso, há 70 anos, ela atua ao lado das populações em situação de vulnerabilidade social. Em suas unidades que atendem crianças e adolescentes, a LBV oferece o apoio necessário às famílias para que os filhos tenham acesso à Educação e a garantia e proteção de seus direitos, além de outros benefícios como atividades socioeducativas, esportivas, culturais, artísticas, lúdicas e recreativas e projetos permanentes de incentivo à leitura.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Ministério da Educação divulga lista dos aprovados no FIES



O Ministério da Educação publicou os resultados do Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies. Os alunos podem conferir a lista dos aprovados no site do MEC: fies.mec.gov.br .

 Os selecionados devem agora complementar a inscrição na plataforma FiesSeleção para contratação do financiamento. 

O Fies está dividido em duas modalidades: para quem tem renda familiar de até 1,5 salário mínimo, não há necessidade de fiador. Já quem tem renda familiar de até 3 salários mínimos deve indicar um fiador. Nas duas modalidades o financiamento é a juros zero. 

Este ano, há 100 mil vagas para o Fies. Nos próximos anos, porém, o número pode cair pela metade, segundo o MEC. A pasta alega que o número de vagas pode ser revisto anualmente para se adaptar aos parâmetros econômicos ou aos aportes do Ministério.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

CONFIRMADO! Brasil confirma primeiro caso do novo coronavírus


A contraprova ainda não foi divulgada pelo Ministério da Saúde mas uma fonte envolvida no processo confirma que deu positivo para o novo coronavírus.

O registro do primeiro caso confirmado no país foi feito nesta terça-feira e uma contraprova foi solicitada.

O Brasil passa a ser o primeiro país da América Latina com um caso confirmado do novo vírus que já matou 2.708 pessoas no mundo.

Segundo o Hospital Israelita Albert Einstein, o paciente foi atendido na segunda (24), e a Vigilância Epidemiológica estadual foi notificada nesta terça (25). “O paciente encontra-se em bom estado clínico e sem necessidade de internação, permanecendo em isolamento respiratório que será mantido durante os próximos 14 dias”, afirma o hospital em nota. O homem está em casa.

A Anvisa afirmou em nota, na noite desta terça, que solicitou a companhia aérea a lista de passageiros do voo que trouxe o paciente ao Brasil, e que “aumentou a criticidade no monitoramento dos voos internacionais provenientes de países onde há casos confirmados da doença”.


Caso suspeito em Pernambuco


Uma mulher com suspeita de ter Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, desembarcou em Pernambuco, nesta terça-feira (25), no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na Zona Sul do Recife, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. A paciente tem 51 anos de idade e esteve na Itália.

Esse foi o primeiro caso suspeito registrado em Pernambuco. O avião em que veio a paciente partiu do estado de São Paulo e pousou na capital pernambucana às 15h50.

“Chegou um caso que se enquadra na definição de suspeito. Se ampliou recentemente a definição de caso suspeito. Antes, falávamos da Ásia, agora falamos também da Europa. Essa paciente estava em deslocamento na Europa, na região de Milão, e veio para o Brasil via São Paulo, onde fez uma escala. Ela chegou ao Recife com alguns sintomas que se enquadram na nova definição de caso suspeito para a doença”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

A mulher, segundo a filha - que pediu para não ser identificada -, viajou para a Europa no dia 13 de fevereiro para fazer um curso e, além da Itália, passou pela Espanha, país que também confirmou um caso nesta terça-feira (25).

No dia 18, começou a sentir os primeiros sintomas, relatou a parente. "Ela vem tendo febre e dores no corpo e cansaço. Quando ela chegou no Recife, foi direto pro hospital. Não consegui nem ver, nem falar com ela. O primeiro sintoma foi febre”, declarou a filha da mulher.

Ela foi encaminhada ao Hospital Universitário Oswaldo Cruz, no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife. A unidade é referência na área de infectologia, segundo o protocolo implantado no estado.

"A gente precisa passar a mensagem de tranquilidade para a população. O número de casos suspeitos vai tender a aumentar com a expansão das situações de possível diagnóstico. O número de brasileiros que circulam na Europa é bem maior que os que circulam na China. E a gente precisa estar preparado para dar as respostas adequadas, como estamos dando", disse o secretário estadual.