WEB RÁDIO

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Anderson Ferreira cria Secretaria do Bem-Estar Animal em reforma administrativa

Foto: Chico Bezerra/ PJG

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, anunciou, nesta quarta-feira (10), uma reforma administrativa na gestão municipal, neste segundo mandato. A principal novidade é a criação da Secretaria Executiva do Bem-Estar Animal, que fica responsável por gerir o sistema de defesa e acolhimento para os pets e animais de grande porte, proporcionando mais saúde e cuidados. A nova pasta está a cargo de Carolina Lemos.

“Desde que iniciamos a nossa gestão, há quatro anos, tivemos a preocupação de proteger e cuidar dos animais. Lançamos o Programa Bem-Estar Animal e desenvolvemos várias ações, inclusive, de forma pioneira. Montamos a primeira UBS PET do Estado, oferecemos atendimento com consultório clínico móvel nas comunidades e lançamos o Sistema de Identificação Digital (SID) dos equinos, só para citar algumas ações. Neste segundo mandato, decidimos criar uma secretaria específica para ampliar ainda mais o acolhimento e a defesa dos animais”, explicou Anderson Ferreira.

O prefeito disse que, com a nova estrutura, serão oferecidos mais serviços gratuitos, a exemplo do ultrassom e exames laboratoriais, para tornar os tratamentos mais eficazes.  O SID será aplicado também nos pets, para que sejam identificados por nome e proprietário, bem como as condições de saúde. Além disso, serão realizadas mais parcerias com as ONGs cadastradas em Jaboatão.

Além da preocupação da gestão com a questão, a decisão de montar a Secretaria Executiva do Bem-Estar Animal foi estimulada pela sanção da Lei Federal 1.095, em setembro do ano passado, que tornou mais severas as punições a quem maltrata os animais.


ALTERAÇÕES

Na reforma administrativa, o prefeito Anderson Ferreira manteve o mesmo número de oito secretarias municipais do primeiro mandato.Entre as alterações está a criação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente. Com isso, os assuntos referentes à gestão urbana e meio ambiente deixam de integrar a pasta de Desenvolvimento Econômico. Já a Secretaria de Desenvolvimento Institucional foi extinta. As demais secretarias municipais continuam sendo de Administração; Planejamento e Finanças; Assistência Social e Cidadania, Educação, Saúde e Infraestrutura.

Quanto aos secretários, houve apenas troca de algumas funções. Sidnei Aires, que comandava Desenvolvimento Econômico, assume Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente. Paulo Lages deixou a Administração e passa a comandar Desenvolvimento Econômico. E Maria Gentila, que era secretária de Desenvolvimento Institucional, agora está na pasta de Administração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário