WEB RÁDIO

sexta-feira, 8 de outubro de 2021

Anderson Ferreira anuncia Bônus Livro de R$ 4,2 milhões para professores

 

Foto: Chico Bezerra/PJG

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira, encaminhou, nesta sexta-feira (8), projeto de lei à Câmara de Vereadores instituindo o Bônus Livro 2021, que totaliza R$ 4,258 milhões. Cada um dos 4.258 professores e servidores administrativos da rede municipal de educação receberá R$ 1 mil para a aquisição de livros e material pedagógico, durante a realização de feiras e encontros. O valor do bônus será pago na folha de pessoal deste mês de outubro.

“Nossa gestão tem investido muito na área da educação para garantir um ensino de qualidade aos alunos. E também tem proporcionado melhores condições a todos profissionais da nossa rede. Com esse bônus, estamos proporcionando a oportunidade desses profissionais atualizarem o conhecimento, que é fundamental para o fortalecimento da formação continuada”, destacou Anderson Ferreira.

Terão direito ao Bônus Livro os 3.247 professores efetivos e 676 com contratos temporários, além dos 335 servidores administrativos. No último dia 4, a rede municipal do Jaboatão dos Guararapes retomou as aulas presenciais nas salas de aula, com estudantes do 9º Ano e do Módulo 5 do Ensino de Jovens e Adultos (EJA). No dia 18, será a vez dos alunos do 5º Ano e do EJA 3 e, em 3 de novembro, todos os 65 mil estudantes matriculados poderão retornar às escolas.

15 comentários:

  1. E os auxiliares de apoio pedagógico vão ficar de fora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Também gostaria de saber, sobre os apoios pedagógicos?

      Excluir
  2. E a chamada dos professores convocados no concurso de 2015, quando vamos atuar??? Vamos acelerar essa chamada prefeito!!!

    ResponderExcluir
  3. Que bom prefeito Anderson , você realmente tem feito muito pela educação , mais tem esquecido dos auxiliares que e de quando importância para o auxiliar ao professores , com grande dedicação e muito trabalho,porém infelizmente são muito excluídos de certos benefícios são essenciais para ajudar o professor a desenvolver seus trabalho , com salário injusto e sem ter nem um reconhecimento, muitos com qualificado mas sem chance de estar onde ela foram qualificados por conta de precisar se sujeito essa condição de desvalorização e triste fazer o que se os que estão no controle não ver ver essas necessidade!!! O que nos resta e o trabalho e só!!!

    ResponderExcluir
  4. Reintero sua fala. Pois tenho o curso de pedagogia e trabalho muitas vezes ou sempre mais que a professora

    ResponderExcluir
  5. Sou apoio e sei o quanto me esforço para dar o meu melhor

    ResponderExcluir
  6. É triste como os funcionários de apoio pedagógico não são reconhecidos, embora sabermos que samos fundamental nas escolas por lei.

    ResponderExcluir
  7. Só recebemos 1 salário mínimo para trabalhar os dois horários.

    ResponderExcluir
  8. Estamos na educação para comprir lei, e reconhecimento e um salário digno nada.

    ResponderExcluir
  9. Ser vimoos só para compimentos de lei.

    ResponderExcluir
  10. E os auxiliares de apoio não seram beneficiados ?

    ResponderExcluir
  11. Parabéns prefeito,professores contratados e efetivos receberam bônus, enquanto Recife só os efetivos!

    ResponderExcluir