WEB RÁDIO

quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

É dengue ou Ômicron? Saiba diferenciar os sintomas

 Foto: Pixabay

Febre, dores no corpo e indisposição são alguns dos sintomas mais comuns da dengue e que podem ser confundidos com os sinais de infecção da nova variante do coronavírus, a Ômicron.

A infectologista Ana Helena Germoglio destaca os sintomas de cada enfermidade:

“20% dos casos de dengue podem ocorrer com sintomas respiratórios. Então pode confundir bastante com Covid-19 e Influenza. A dengue começa com febre, dor do corpo, dor nas articulações, dor por trás dos olhos. Já a Ômicron, como hoje temos grande parcela da população vacinada, provavelmente terá sintomas gripais mais leves.”

A infectologista e professora da Universidade de Campinas, Raquel Stucchi, esclarece que os infectados pela Ômicron apresentam quadro clínico de Covid-19, que nas pessoas vacinadas costuma ser mais leve, com febre baixa ou mesmo sem febre, além de dor no corpo, dor de garganta, tosse seca, obstrução ou coriza.

Para ter o tratamento adequado para ambas as doenças, a doutora Ana Helena Germoglio recomenda buscar o atendimento médico.

“Em todo caso, o correto é fazer os exames para ter a correta detecção e não ser pego de surpresa.”

As medidas preventivas de ambas doenças já são bem conhecidas dos brasileiros. Para dengue: não deixe água parada em vasos de plantas, garrafas, pneus; tampe caixas d’água; não acumule lixo no quintal; coloque telas em janelas e use repelente. 

Já para o coronavírus e suas variantes: evite aglomeração; mantenha distância segura de outras pessoas; utilize máscara e álcool em gel e se vacine contra a Covid-19. As recomendações são do Ministério da Saúde.




Fonte: Brasil 61

Nenhum comentário:

Postar um comentário