WEB RÁDIO

quinta-feira, 7 de abril de 2022

Jaboatão terá núcleo de reabilitação para pessoas com autismo

Foto: Chico Bezerra/PJG

No segundo semestre deste ano, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes entregará o núcleo de reabilitação para pessoas com autismo, que será instalado em Jaboatão Centro. A novidade foi informada, nesta quinta-feira, durante o Seminário Autismo: Compreender Para Incluir, que aconteceu no auditório da UniFG, numa parceria com a Aliança de Mães e Famílias Raras (Amar). A implantação dessa unidade era uma reivindicação das famílias que têm filhos com Transtorno do Espectro do Autismo.

O Seminário teve o objetivo de propagar conhecimento acerca do transtorno do espectro do autismo, fomentar pesquisas e debater estratégias de inserção social e ampliação do acompanhamento das pessoas com autismo, em especial nos âmbitos da saúde e da educação. O público-alvo eram pessoas com autismo e/ou seus familiares, profissionais de saúde, profissionais da educação, representantes do poder legislativo, acadêmicos e outras pessoas interessadas na temática.

A mesa de abertura foi composta por representantes da instituição AMAR, das secretarias de Saúde, Educação e Direitos Humanos, e uma convidada especial, Maria Júlia, autista, que emocionou a todos ao falar das suas sensações e vivências enquanto pessoa com TEA. O seminário contou com apresentações artísticas protagonizadas por pessoas com autismo, palestra informativa acerca da temática e debate sobre o assunto.

Nos últimos cinco anos, a gestão municipal ampliou em 430% a capacidade de acompanhamento a este público. E a meta a aumentar ainda mais esse trabalho, depois que foi inaugurada a Arena Cão Terapia, no Parque da Cidade, um projeto pioneiro de terapia para autistas. É oferecida, através SUS, terapia complementar assistida por animais, realizada por equipe multiprofissional da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria Executiva de Bem-Estar Animal, que utiliza cães como co-terapeutas e reforçadores, auxiliando às crianças com autismo na socialização, comunicação, afetividade, estabelecimento de vínculos, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário