WEB RÁDIO

terça-feira, 31 de maio de 2022

Diretor do Ministério da Cidadania dá orientações a secretários de cidades atingidas pelas chuvas

 

 

Foto: Divulgação

Um dia após o Governo Federal anunciar que tem crédito extraordinário para os municípios atingidos pelas chuvas nos últimos dias, o diretor Social de Proteção Especial do Ministério da Cidadania, Eliodoro Santos, reuniu-se com representantes de cinco prefeituras para orientá-los. O encontro aconteceu no Complexo Administrativo da Prefeitura do Jaboatão, na manhã desta terça-feira (31). Nesta primeira etapa, os recursos federais serão aplicados em assistência humanitária para quem está acolhido nos abrigos.

Participaram do encontro a secretária de Assistência Social e Cidadania do Jaboatão, Mariana Inojosa; a secretária do Recife, Ana Rita Suassuna; o secretário de Olinda, Paulo Rogério; a secretária de Paudalho; Walquiria Marinho e a assessora Natália de Paula, de Moreno. O prefeito do Jaboatão, Mano Medeiros, recepcionou o diretor e os secretários e ressaltou a importância de os municípios agilizarem as demandas para que possam enfrentar as consequências das chuvas com mais rapidez.

“Fomos demandados pelo ministro Ronaldo Bento para prestar esclarecimento sobre os procedimentos que devem ser tomados através das secretarias de Assistência Social, reivindicando ao Ministério da Cidadania o apoio de investimentos e de recursos para serem alocados para atender aqueles que foram afetados pelas chuvas ocorridas no Estado de Pernambuco”, falou Eliodoro Santos.

“A presença do representante do Ministério da Cidadania foi no sentido de informar aos municípios sobre o uso correto, de como providenciar, organizar a se estruturar nesse quadro de calamidade. São orientações de ações direcionadas às pessoas em situação emergencial. Também fomos informados de que os recursos serão destinados a quem está em situação de maior vulnerabilidade, especificamente as pessoas que estão nos abrigos, além de algumas intervenções para pessoas que tiveram de deixar suas casas e estão acolhidas temporariamente por parentes”, disse a secretária Mariana Inojosa.

No último domingo, o presidente da República, Jair Bolsonaro, fez um sobrevoo nas áreas atingidas, junto com sete ministros, e garantiu todo apoio às famílias vítimas das chuvas e na recuperação dos municípios. Duas medidas provisórias, publicadas no início do período de chuvas, abriram crédito especial de cerca de R$ 1 bilhão para atender municípios de todo o País atingidos por esse tipo de catástrofe. 

No sábado, o prefeito Mano Medeiros decretou Situação de Emergência e enviou a solicitação de ajuda federal. Ontem os R$ 2,3 milhões já foram depositados na conta da Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário