WEB RÁDIO

segunda-feira, 30 de maio de 2022

Jaboatão recebe R$ 2,3 milhões do Governo Federal para assistência humanitária para desabrigados

Foto: Chico Bezerra/PJG

O município do Jaboatão dos Guararapes recebeu R$ 2,3 milhões do Governo Federal para aplicar em ações de assistência humanitária aos desabrigados pelas chuvas. O anúncio foi feito durante coletiva do presidente da República, Jair Bolsonaro, na Base Aérea, nesta segunda-feira (30), após sobrevoar as áreas atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias. Jaboatão é a primeira cidade do Estado a ser contemplada com a liberação de verbas por ter se antecipado no decreto de Situação de Emergência e ter encaminhado a solicitação a Brasília de imediato. O prefeito Mano Medeiros participou do sobrevoo e da entrevista coletiva junto com o presidente e dos sete ministros que fizeram parte da comitiva.

“Infelizmente, essas catástrofes acontecem. Nosso objetivo é confortar os familiares que perderam seus entes e apoiar os municípios, independentemente de cor partidária. Temos aqui o prefeito do Jaboatão, que esteve no voo e vai falar sobre o que tem sido feito no município. A chegada de recursos depende do prefeito decretar emergência e enviar ao Ministério do Desenvolvimento Regional. O prefeito do Jaboatão teve a iniciativa e já está na conta”, disse o presidente Bolsonaro.

O prefeito Mano, em seu pronunciamento, lembrou que as chuvas iniciaram no dia 24, mas, com o agravamento, durante o final de semana, decretou Situação de Emergência e, de imediato, fez o encaminhamento ao MDR. Além disso, já colocou as equipes da gestão municipal em contato com os técnicos dos órgãos federais. O gestor também agradeceu o apoio das Forças Armadas designadas pelo Palácio do Planalto para apoiar as ações de resgate às vítimas.

“Assim que decretamos a Situação de Emergência, fizemos contato com o Governo Federal e hoje foi confirmada a liberação de R$ 2,3 milhões pelo Ministério da Cidadania para as ações de assistência social, em apoio às pessoas que estão desabrigadas, já que temos acima de 800 sob nossos cuidados nos abrigos instalados no município. Esse dinheiro será para compra de colchões, alimentos, produtos de higiene e custeio dos abrigos, ou seja, para o cuidado com as pessoas que estão desabrigadas. Jaboatão foi a cidade mais atingida pelas chuvas, que foi a maior dos últimos 30 anos. Foram quase 500 milímetros. Mas continuamos nas ruas, ajudando a população, com toda nossa equipe. Estamos trabalhando em conjunto com as Forças Armadas, Defesa Civil do município e do Estado e com muitos voluntários para minimizar os transtornos. Continuamos de prontidão até que toda a população seja atendida”, disse o prefeito Mano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário