Parceiro

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Anderson destaca importância do levantamento Austin/IstoÉ para Jaboatão e Pernambuco

 

Foto: Hermes Costa Neto/Divulgação

Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, obteve lugar de destaque em um estudo socioeconômico realizado pela agência Austin Rating entre os 5.565 municípios brasileiros e divulgado pela revista IstoÉ. A cidade pernambucana figura no levantamento com cinco premiações e ocupa espaço de evidência tanto no ranking geral quanto entre os municípios de grande porte. O ex-prefeito e pré-candidato ao Governo do Estado, Anderson Ferreira (PL), se debruçou sobre o tema e detalhou a importância da avaliação para o município e o exemplo de gestão que Jaboatão dos Guararapes deixa para Pernambuco.

Jaboatão foi destaque nas categorias Qualidade de Vida, Aplicação na Saúde e Educação, Mercado de Trabalho, Capacidade de Arrecadação e Indicadores Fiscais. Ao longo da semana, Anderson irá publicar nas redes sociais uma série de vídeos que irão abordar as cinco premiações e explicar o impacto de cada área na vida da população.

Ao falar sobre os eixos relativos à capacidade de arrecadação e aos indicadores fiscais, Anderson afirma que o primeiro passo dado por sua gestão foi no sentido de resgatar a credibilidade do município e sua capacidade de atrair investimentos. “Essa foi uma prioridade nossa desde o primeiro dia. Nós arrumamos as contas públicas e deixamos claro, por meio de um trabalho sério e compromissado, que é possível ter responsabilidade fiscal. E isso nos permitiu investir na cidade e fazer um trabalho de transformação social”, disse o ex-prefeito.

Quanto ao tema sobre mercado de trabalho, Anderson lamentou a liderança do estado no ranking nacional do desemprego. “Nós temos percorrido todas as regiões de Pernambuco e esse é um dado que afeta não apenas a Região Metropolitana, mas o estado como um todo. Então, diante de um cenário tão alarmante, Jaboatão ter recebido um reconhecimento no setor de geração de emprego, sim, é algo muito importante e que prova que muita coisa pode ser feita em Pernambuco para mudar essa estatística”, observou.

“Mas a nossa maior satisfação foi o reconhecimento por termos melhorado a qualidade de vida do povo do Jaboatão dos Guararapes porque isso agrega uma série de fatores que mudam a vida das pessoas e o seu cotidiano. E isso parte do princípio de que nenhum gestor público transforma nada sem investir em saúde e educação, porque são duas áreas prioritárias e sensíveis, mas sem deixar de lado os setores de infraestrutura, iluminação pública, lazer, enfim, foi por pensar em fazer trabalhar todas essas áreas de forma conjunta que conseguimos mudar para melhor a vida das pessoas e iniciar um novo ciclo no Jaboatão”, pontuou Anderson Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário