WEB RÁDIO

sexta-feira, 17 de junho de 2022

Anderson intensifica agenda no Agreste e destaca presença do governo Jair Bolsonaro em Pernambuco

Fotos: Hermes Costa Neto/Divulgação

O ex-prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), pré-candidato ao Governo de Pernambuco, tem cumprido, desde a última quarta-feira (15), extensa agenda em cidades do Agreste. Após ter passado por Taquaritinga do Norte e Santa Cruz do Capibaribe, acompanhado pelo ex-ministro do Turismo e pré-candidato ao Senado, Gilson Machado (PL), Anderson visitou os municípios de Cachoeirinha, Venturosa, Pedra e Buíque, onde participou de diversos atos ao lado de lideranças políticas da região e intensificou as conversas com a população para entender as prioridades de cada localidade.

A agenda da quinta-feira (16) teve início na Feira do Couro e do Aço de Cachoeirinha, uma das mais tradicionais do estado e responsável pela exposição de produtos e serviços que movimentam o comércio da região. Após entrevista nos estúdios da Rádio Venturosa FM, Anderson e Gilson almoçaram com lideranças históricas da região e do setor comercial no município de Pedra. À noite, em Buíque, os pré-candidatos reuniram a população e apoiadores em mais um ato do Simbora Mudar Pernambuco.




A dupla tem defendido os investimentos do Governo Federal em Pernambuco e lembrado que a gratidão é uma característica inerente ao povo pernambucano, “que sabe muito bem separar passado, presente e futuro”. A afinidade entre o presidente Jair Bolsonaro (PL), Anderson Ferreira e Gilson Machado tem sido observada como um diferencial entre as pré-candidaturas. Durante ato no município de Taquaritinga do Norte, o presidente surpreendeu ao público ao participar do evento por meio de videochamada.

“Quantos presidentes fizeram questão de participar ao vivo de atos de pré-campanha? Bolsonaro tem criado conexões com Pernambuco e mostrado sensibilidade para com nosso estado por meio dos investimentos feitos pelo Governo Federal, a exemplo dos recursos liberados pela Codevasf, a conclusão das obras da Transposição do São Francisco e o reconhecimento do forró como patrimônio cultural e imaterial do Brasil”, elencou Anderson Ferreira. “Não acredito que o ex-presidente Lula (PT) tenha a mesma coragem de Bolsonaro de ir ao São João de Caruaru, ainda mais acompanhado do governador Paulo Câmara (PSB)”, alfinetou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário