WEB RÁDIO

quinta-feira, 9 de junho de 2022

Prefeitura do Jaboatão inicia cadastro para Auxilio Emergencial

Fotos: Chico Bezerra/PJG

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes iniciou, nesta quinta-feira (9), o cadastro das famílias que poderão receber o Auxilio Emergencial, no valor de R$ 1.500. Neste primeiro dia, as equipes estiveram em Jardim Monte Verde e Muribeca, que estão entre as áreas mais afetadas por enxurradas, alagamentos ou queda de barreiras, em consequência das últimas chuvas. Estão sendo identificados os moradores que perderam ou tiveram seus imóveis atingidos, se houve prejuízos com eletrodomésticos e móveis. Além dos dados pessoais, há registros fotográficos e por georreferenciamento para comprovar os prejuízos.

As bases para identificação dos beneficiados são a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os laudos da Defesa Civil do Jaboatão em relação aos danos dos imóveis. Todas as informações colhidas serão avaliadas pela Prefeitura e a informação sobre em qual agência bancária poderá ser feito o saque do pagamento será através de mensagem via WhatsApp.

“Lamentavelmente, temos milhares de jaboatonenses que perderam seus patrimônios e bens materiais, conquistados com muito trabalho. Agora é o momento de ajudar a quem mais precisa, por isso não estamos medindo esforços para identificar as famílias que receberão o Auxílio Emergencial. Estamos fazendo um trabalho com muita transparência e segurança para que o pagamento seja feito às pessoas que realmente tiveram prejuízos e vão recomeçar a vida praticamente do zero”, disse o prefeito do Jaboatão, Mano Medeiros.



Jonas Coutinho Silva, morador de Jardim Monte Verde, já se cadastrou e aguarda a boa notícia de que deverá ser contemplado com o benefício. “Estou achando maravilhoso o trabalho de vocês. Graças a Deus consegui fazer o meu cadastro porque hoje estou na casa de um parente, seguindo a orientação da Prefeitura de procurar um local seguro. Estou com medo, mas estou vivo e com a minha família”, contou.

Maria José da Silva também está na expectativa de ser contemplada, depois de perder todos os seus bens nos alagamentos da comunidade Sapolância, na Muribeca. “Fiquei desesperada ao ver tudo indo embora. Esse auxílio vai ser de grande ajuda para poder reestruturar a minha casa. Vou comprar minha geladeira, fogão, cama...vou me reerguer”, disse a moradora.

 

AUXÍLIO-MORADIA

Paralelamente ao Auxílio Emergencial, a Prefeitura do Jaboatão está cadastrando as famílias que poderão receber Auxílio-Moradia. Os critérios são: perda total ou parcial das casas, ou que o imóvel esteja em área de risco para moradia, conforme avaliação da Defesa Civil. Além disso, é necessário estar inscrito no CadÚnico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário