Parceiro

terça-feira, 19 de julho de 2022

Ambulatório especializado será construído no Jaboatão, por meio de convênio entre prefeitura e Faculdade Tiradentes

Foto: Leandro de Santana/PJG


A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes assinou convênio, nesta terça-feira (19), com a Faculdade Tiradentes (FITS) - integrante do Grupo Tiradentes - para a construção de um centro de especialidades médicas na cidade. A unidade será erguida ao lado da antiga sede da prefeitura, na Avenida Barreto de Menezes, em Prazeres, e vai reforçar o atendimento gratuito aos moradores do Jaboatão, ao mesmo tempo em que  servirá ao aprendizado aos futuros profissionais da saúde que cursam Medicina na instituição de ensino, em Piedade.

O Ambulatório Especializado de Integração Ensino-Serviço do Jaboatão dos Guararapes deve ser concluído em fevereiro do próximo ano, com 15 salas, auditório e espaço para estudo de caso. A obra terá investimento de R$ 6 milhões provenientes do Coapes (Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde), ferramenta da Política Nacional de Educação Permanente, que foi adotada de forma pioneira pelo município, no Estado, em 2017. A experiência do Jaboatão com o COAPS vem sendo considerada referência e foi premiada no XXVI Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, realizado de 12 a 15 de julho, em Campo Grande/MS. O prêmio será a realização de um documentário da Série WEBDOC Brasil, Aqui Tem SUS.

“É muito gratificante ver que o nosso modelo de gestão do COAPES tem trazido tantos ganhos para a população, para o município e para os estudantes. E ter esse trabalho reconhecido nacionalmente, servindo de modelo para outros municípios. Tenho certeza que com o ambulatório não vai ser diferente e logo ele se tornará referência”, declarou o prefeito Mano Medeiros, durante a solenidade de assinatura do convênio. Representando o secretário estadual de saúde, André Longo, Poliana Ribeiro destacou que esse é um momento histórico para município e para o Estado e pode ser um modelo nacional.

A diretora-geral da FITS, Vanessa Piasson, salientou o papel transformador da educação, a sintonia com a equipe de saúde do Jaboatão e os inúmeros ganhos com essa parceria. “Serão cerca de mil atendimentos mensais a mais para a população, via SUS, em diversas especialidades, com profissionais qualificados”, registrou, observando que virá muito mais ideias futuramente. “A partir das necessidades dos moradores, vamos incentivar pesquisas, projetos de extensão e também campanhas educativas”. A faculdade também adotará o campo de futebol que fica no terreno ao lado e é bastante utilizado pela comunidade. Ele terá as dimensões de um campo profissional.

Aluna do sétimo período de Medicina e estagiária da rede municipal, Mirian Tereza, 29, contou que o convênio permite a prática desde o primeiro período. “É incrível aliar teoria e prática desde o início, a gente aprende muito mais rápido, de forma intensa”, disse. “E com o centro a população vai ter acesso a muitas especialidades em um só local, desafogando o sistema municipal”, completou o estudante do oitavo período de Medicina Willyan Douglas, 27.


Foto: Leandro de Santana/PJG


O CONVÊNIO

 

Pelo convênio, a prefeitura cederá o terreno e irá gerenciar todo o atendimento ao público, via Sistema Único de Saúde (SUS), além de cuidar da manutenção do prédio, cuja construção será executada pela FITS, que também vai adquirir equipamentos, com os recursos do COAPES. A equipe médica da FITS atuará na unidade, no atendimento ao público e como preceptora dos alunos estagiários. Os outros funcionários, como enfermeiros e administrativo, serão disponibilizados pela prefeitura.

 

O Ambulatório oferecerá consultas médicas em diversas especialidades. Entre elas, Cardiologia, Clínica Médica, Ortopedia, Ginecologia, Obstetrícia, Reumatologia, Endocrinologia e Neurologia. “Estudamos as especialidades de maior demanda no município”, observou a a secretária de saúde do Jaboatão, Zelma Pessôa. “Também teremos lá a primeira sala para retirada de gesso da Região Metropolitana e o primeiro espaço cuidando do cuidador, que dará atenção aos nossos profissionais”. Os pacientes que precisarem passar por exames ou procedimentos serão encaminhados à rede pública municipal, via SUS.



Nenhum comentário:

Postar um comentário