Parceiro

terça-feira, 19 de julho de 2022

Dudu da Fonte: o Shazam de Pernambuco



Não é de hoje que o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) tenta capitalizar feitos em cima de resoluções meramente administrativas adotadas por estatais, a exemplo da antiga Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), atual Grupo Neoenergia. Recentemente, Dudu da Fonte, como é conhecido, alardeou para os quatro cantos da imprensa que a redução em 4% no valor da conta de energia só teria sido aplicada graças a uma solicitação feita por seu mandato.

No entanto, as bravatas do deputado parecem estar com os dias contados no que for depender da Neoenergia que, na segunda-feira (18), por meio de um comunicado oficial enviado à imprensa, desmentiu o parlamentar ao afirmar que a redução se deu a uma "Revisão Tarifária Extraordinária da Lei nº 14.385/22, de 27 de junho de 2022, que determinou novas regras para a devolução dos Créditos Tributários, especialmente no que se refere à exclusão do ICMS da base do PIS/COFINS".

Ao que tudo indica, a Neoenergia não vai mais tolerar as galhofas de Dudu da Fonte e a postura de querer se apropriar de todo e qualquer ato tomado pelo grupo para reduzir o valor da conta de energia.

O "Super Shazam", como foi batizado nas redes sociais após o episódio, agora precisa tomar cuidado para não ser eletrocutado.

Um comentário:

  1. Esses políticos que se locupletzm de feitos dis outros devem ser sempre denunciados, independentes de filiação partidária ou oarentesco!

    ResponderExcluir