Carnaval 2024

Especialista dá dicas de como não cair em golpes por meio do Pix durante o carnaval

Uma das ameaças mais comuns utilizadas pelos criminosos é o ataque do tipo “Phishing”

Publicada em 11/02/24 às 08:14h - 60 visualizações

por Blog do Leo Lima


Compartilhe
 

Link da Notícia:

 (Foto: Internet)
Usar o Pix para pagamentos se tornou habitual para muitos brasileiros, por ser uma ação rápida e que não exige o uso do cartão, apenas do smartphone. Durante a maior festa do Brasil, o Carnaval, que acontecerá neste mês de fevereiro, o uso da modalidade de pagamento deverá ser uma das principais utilizadas pelos foliões. Contudo, eles devem ficar atentos para os diversos tipos de golpes que podem acontecer ao comprar um simples refrigerante no meio da rua.

Uma das ameaças mais comuns é o ataque do tipo “Phishing”, que é um tipo de crime cibernético o qual o criminoso se passa por algum site legítimo para obter dados do usuário, por meio de links maliciosos. Com o uso desta técnica é possível coletar os dados bancários dos usuários do pix e até as senhas através de mensagens falsas.

Segundo com o professor das Escolas de Engenharia e Tecnologia do Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG), Sidney Cunha, caso o dispositivo esteja com algum malware (Software de ação maliciosa) instalado, os dados bancários podem ser copiados e enviados ao hacker ou malfeitor. “É muito importante manter atualizado os aplicativos dos bancos como também o sistema operacional do seu dispositivo. Esse sistema é responsável pela segurança dos dados que acompanham o uso da maioria dos aplicativos, inclusive os dados da conta vinculada ao dispositivo e por fim o usuário pode contratar um sistema de proteção contra ações maliciosas através de aplicativos”.

O especialista em tecnologia dá algumas dicas para o folião. “Nunca tentar realizar a transação bancária em outro aparelho celular que não seja o seu, ter cuidado com redes Wi-FI disponibilizadas por vendedores, caso a operação falhe por qualquer motivo, o usuário deverá ficar atento a técnica de Phishing e não deve repetir a operação. Nunca utilize seus dados bancários em outro aparelho que não seja o seu. Nunca forneça seus dados bancários para terceiros e nunca permita que outras pessoas utilizem seu aparelho celular enquanto você estiver conectado ao sistema bancário”, explica.

Contudo, caso, ainda com as dicas, a pessoa acabe caindo no golpe é importante informar o caso imediatamente ao Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) do seu Banco e procurar a delegacia para crimes cibernéticos de sua região, com o objetivo de registrar um boletim de ocorrência.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

Participe!

(81) 99920-3300

Visitas: 78759
Usuários Online: 9
Copyright (c) 2024 - Blog do Leo Lima
Converse conosco pelo Whatsapp!